Por que eu ainda não sou fluente no inglês?

Rate this post

Saiba o que pode estar te impedindo de alcançar a fluência na língua inglesa.

 

Aprender inglês ou qualquer outra língua é um processo longo e que pode durar meses ou até anos, dependendo do grau de dificuldade e de envolvimento com o idioma. Porém, por que para algumas pessoas aprender inglês é tão doloroso e para outras pessoas esse caminho é um pouco mais descomplicado? A resposta para essa pergunta pode não estar no professor, nem nos livros, mas no próprio indivíduo. O fato é que muitos estudantes cometem vários erros quando estão aprendendo um idioma. Esses erros, além de dificultar a absorção de um novo conteúdo, acaba atrapalhando no desenvolvimento da língua, que se dá de forma muito mais lenta e dificultosa. Mas o que podemos fazer para não cair nessa armadilha? No texto de hoje trouxemos algumas dicas que vão ajudar você a estudar de forma muito mais produtiva.

  1. Aprender, mas não praticar

Quem aprende um idioma precisa praticá-lo todos os dias. É exatamente como aprendemos o português 02desde a infância. Isso porque não é só o fato de absorver o conteúdo que vai fazer você sair falando fluentemente por aí. Além de passar horas estudando o idioma, é crucial que o aluno tenha tempo de trazer para a ponta da língua tudo o que foi armazenado. Hoje, graças às ferramentas que a tecnologia nos traz, podemos fazer isso sem sair de casa. A Preply, por exemplo, é uma plataforma que oferece aulas de inglês on-line com nativos do mundo todo –  Além disso, existem aplicativos que ajudam a colocar o conteúdo em prática.

Saiba mais sobre a Preply clicando AQUI.

  1. Entregar-se à ansiedade

size_960_16_9_ansiedade_frame

 

Quem senta para aprender uma nova língua já sabe, desde o início, que será um processo de muitas revisões e tentativas até chegar à fluência. Muita gente é iludida por propagandas enganosas que prometem a fluência em algumas semanas. O fato é que ninguém aprende uma língua apenas em algumas semanas, a não ser pela memorização, que é ineficaz, porque o aluno esquece com a mesma velocidade que aprendeu. Para falar uma língua com fluência, é preciso vivenciá-la dia após dia, sem ansiedade e focando em cada ponto rigorosamente.

 

  1. Não definir metas

A definição de metas é importante para qualquer coisa que façamos em nossas vidas, pois são as metas que vão dizer-nos se estamos no caminho certo e onde conseguimos chegar. Por isso, é necessário traçar planos detalhados para saber de suas reais necessidades. Sabemos que o conceito de sucesso é relativo, uma vez que varia de acordo com as intenções de cada um, mas o importante é sempre estabelecer metas para poder medir seu progresso no idioma. Quando não existem metas, além do aprendizado ficar desorganizado, a desmotivação não demora a chegar, visto que o aluno começa a ter um sentimento de que está estagnado.

03

  1. Achar que ir às aulas será o suficiente

Essa, com certeza, não é a primeira nem será a última vez que isso acontece. Muitos alunos entram nas escolas achando que a instituição lhe dará uma fórmula mágica para aprender o conteúdo. O fato é que aprender idiomas, independentemente da fonte de estudos, precisa ser com dedicação e muito comprometimento. Estima-se que, para fixar uma palavra, devemos esquecê-la, no mínimo, dez vezes! É preciso mergulhar literalmente no universo da língua. Isso pode ser feito mudando a língua de seus aparelhos para o inglês e assistindo a filmes sem legenda, por exemplo. Tudo isso vai ajudar na familiarização com a língua inglesa.

Elton

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.