Como Estudar para o Enem Sozinho?

Rate this post

Para saber como estudar para o Enem sozinho, você precisa primeiramente saber organizar as ideias na mente. como fazer isso?

Vou mostrar uma dica muito valiosa que irá ajudar em sua preparação e que você poderá por em prática ainda hoje em seus estudos. Essa técnica é ensinada em cursos de memorização. Fique comigo até o final que lhe mostrarei essa dica.

O ENEM

Como Estudar para o Enem Sozinho

O Enem, Exame Nacional do Ensino Médio, se caracteriza prova preparada pelo Ministério da Educação para verificação sobre domínio das competências e habilidades em relação aos estudantes que completaram o ensino médio.

É permitida participação do exame alunos que estão a concluir, ou que já terminaram o ensino médio, nos anos precedentes. O Enem se resume principal acesso às universidades públicas do Brasil.

E ainda tem função de seleção aos programas do governo, sendo exemplo Prouni, que disponibiliza bolsas às instituições particulares, e Fies, que oferece financiamento apresentando juros baixos para alunos com carência. No ano de 2015, 5.8 milhões de candidatos realizaram o exame. E a expectativa em relação ao governo para 2016, é atingir 8 milhões.

Os estudantes farão no primeiro dia as provas de ciências humanas e ciências da natureza. Pelo dia seguinte, a prova possuirá linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e também matemática.

Dicas Sobre como Estudar para o Enem Sozinho

Antes de mostrar a dica valiosa de como estudar para o Enem Sozinho, você precisa saber algumas considerações!

A atenção deve ser em focar-se e estar preparado para realização do exame, com possibilidade de estudar na casa e de forma mais tranquila, decidindo o próprio horário de estudo, e com aplicação das técnicas ideais. Afinal, é fundamental possuir disciplina e ser dedicado para que seja possível lidar com todo o material, assim, a idéia é concentrar-se.

– Rotina de Estudos

Criar rotina de estudos, pois é essencial preparar um plano de estudos para a semana, abrangendo todas as disciplinas, e ao menos, uma redação semanal para geração do ritmo.

– Provas Anteriores

Os simulados e provas antigas são interessantes para se preparar. O Enem se caracteriza uma das provas de maior cansaço conhecida e vários alunos terminam com frustração, por não serem capazes de finalizar a prova no período determinado. Para tal, é essencial a recorrência para provas de edições precedentes do Enem, e para mais simulados com disponibilidade.

– Material de Apoio

As revistas e cursos online compõem mais uma dica. Há vários cursos sem custo para Enem na internet, e também vários vídeos tratando de temas com possibilidade de aparecerem na prova, transformando o aprender em mais dinâmico, com facilidade de compreensão.

Há editoras que fazem lançamento de materiais de apoio aos estudantes, apresentando ênfase pela prova, com abordagem de questões e técnicas para cada disciplina, e a contextualizar, segundo se pratica no exame.

– Semana Anterior à Prova

Um fator de importância para priorizar pelas últimas semanas ao estudar se resume estrutura do exame e ainda o tempo do mesmo. Assim, é essencial refazer as provas dos anos anteriores, com cronometragem de tempo, para reprodução de condições dos dias da prova, e garantia de estar pronto ainda de forma física e psicológica.

E, a etapa final dos estudos ainda tem importância para que candidato faça análise de mais capacidades que não têm relação com aspecto de decorar do conteúdo, sendo exemplo leitura e interpretar adequadamente as informações. Desta maneira, a indicação é ler bastante e treinar as próprias habilidades de interpretar texto, em especial em relação aos jornais e revistas.

Pela semana anterior em relação à prova, a recomendação é simples, portanto, diminuir o ritmo dos estudos. Já que seguir para o exame fadigado e estafado é colocar tudo a perder, e pode reduzir o próprio desempenho.

O Enem se resume exame muito abrangente e a dedicação de última hora não oferecerá um desempenho superior. Pelos 2 dias anteriormente ao exame, buscar estar inteiramente longe dos livros para que a cabeça fique tranqüila. Não se esquecer de que a mente tranquila se resume também chave ao sucesso no exame.

Sua rotina de estudos é uma jornada solitária, mesmo que tenha ajuda de outra pessoa, na maioria das vezes você estará sozinho nessa jornada. Então, se você está querendo saber como estudar para o Enem sozinho você precisa ser determinado e ter FOCO.

Como Estudar para o Enem Sozinho

DICA VALIOSA DE COMO ESTUDAR PARA O ENEM SOZINHO

Vamos ao passo a passo!

Primeiro você vai pegar o conteúdo que você leu e estudou e por em ordem fazendo 5 perguntas sobre o conteúdo estudado ou lido.

São elas:

  • O que
  • Quem
  • Quando
  • Onde
  • Como
  • Conclusão

Essas perguntas irão lhe ajudar na organização das ideias onde:

O que – é o fato

Quem – é o sujeito

Quando – é o tempo

Onde – é o lugar

Como – é o modo como aconteceu.

Essa técnica é usada por jornalistas e é chamada de LEAD.

LEAD – É a primeira parte de uma notícia, geralmente posta em destaque relativo, que fornece ao leitor a informação básica sobre o tema e pretende prender-lhe o interesse.

Você pode reparar que uma reportagem sempre começa nessa ordem. Vejamos um exemplo onde um jornalista falará sobre um acidente de trânsito.

O que aconteceu? R- Ocorreu um acidente de trânsito.

Com quem? R- entre dois veículos de passeio.

Quando? R- O acidente aconteceu nesta manhã por volta das 9:00h deste sábado.

Onde? R- No centro da cidade no cruzamento da Rua 11 com a Rua 14.

Como? R- Testemunhas disseram que o carro que venho da rua 14 ignorou o sinal vermelho ocasionando a colisão.

CONCLUSÃO: Por mais pressa que tenhamos para chegar ao destino, é de suprema importância respeitar os sinais de trânsito pois você pode se atrasar ou mesmo nem chegar ao seu destino.

As informações devem ser organizadas na mente, de forma que tudo faça sentido.

Trazendo a técnica para os estudos e estudando sozinho para o Enem

Vamos pegar como exemplo a matéria de HISTÓRIA e o assunto GUERRA DAS MALVINAS.

O QUE foi a guerra das malvinas?

QUEM participou do conflito?

QUANDO aconteceu esse conflito? (data)

ONDE ocorreu a guerra? (lugar)

COMO ocorreu? (modo)

CONCLUSÃO – Resumo final de tudo.

Procure responder com o máximo de detalhes cada pergunta, assim você estará garantindo uma nota muito boa nessa prova, vou explicar o porquê.

O professor na hora de elaborar a prova não tem como fugir dessas perguntas, a questão será elaborada com base nessas perguntas e você estará preparado.

Depois de feito isso, você irá destacar algumas palavra em cada pergunta que servira de gatilhos mentais para lembrar mais tarde.

Tente associar as palavras destacadas a imagens na sua mente e repita durante 3 dias uma vez ao dia.

Pronto, agora é praticar! Essa técnica só é eficiente quando colocada em prática! Com essa dica espero ajudar, pois sei como é difícil estudar para o Enem sozinho.

Essa técnica é abordada com detalhes no Curso de Estudo e Memorização do Professor Renato Alves onde associada com outras técnicas, faz desse curso o melhor investimento que você fará em sua aprendizagem.

Como Estudar para o Enem Sozinho em casa

Elton

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.